Fechar
Buscar no Site

Decisão da Justiça impede servidores do Detran-MA de entrarem em grave

Uma decisão, desta quarta-feira, do desembargador João Santana Sousa, do Tribunal de Justiça do Estado, impede servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA) de decretarem greve.

João Santana deferiu uma tutela provisória requerida pelo setor jurídico do próprio Detran, que ingressou na Justiça para evitar que os servidores da casa paralisem as atividades.

O movimento paredista está previsto para iniciar no próximo dia 24 de abril.

Na decisão, o desembargador impõe aos requeridos multa diária no valor de R$ 30.000,00 (trinta mil reais), em caso de descumprimento do despacho.

A decisão do desembargador levou em consideração a existência de processos administrativos em curso, envolvendo as reivindicações dos servidores do Detran-MA.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias