Fechar
Buscar no Site

Coronel também é encontrado com celular no xadrez e policial preso não é achado na cela

Foto: Reprodução

O coronel da Polícia Militar do Maranhão, Reinaldo Elias Fancalanci, preso na operação que desbaratou uma quadrilha de contrabandistas na zona rural de São Luís, também foi encontrado com celular no xadrez. Francanacli está recolhido no Comando Geral da PMMA, no Calhau, onde foi alcançado pela revista determinada pelo próprio secretário da Segurança, Jefferson Portela.

Na Delegacia Especial da Cidade Operária, foram encontrados quatro celulares, um dos quais com o delegado Thiago Bardal; uma pistola com munição e um notebook. A revista na Decop foi feita nas celas onde se encontram Bardal e os policiais Joelson, Edmundo e Evandro. Thiago Bardal foi preso durante a operação que desbaratou uma quadrilha de contrabandistas na área rural de São Luís; e os investigadores Joelson e Evandro foram capturados por suspeita de crime de extorsão, em Lago da Pedra, durante ação da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) que investigava fraudes em veículos e documentos naquele município.

Um fato estranho foi detectado durante a visita: o policial Joelson, conhecido como ‘Joelson Boca de Farofa’, não foi encontrado no xadrez.

A polícia desconfia que ele esteja sendo liberado para sair e voltar posteriormente.

Um procedimento administrativo está sendo realizado nesse momento para que seja encaminhado ao juiz federal Willian Bonfim, que está com o caso agora. Se o policial Joelson não aparecer até o final do procedimento será dado como foragido.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias