Fechar
Buscar no Site

Coronel, major e soldado depõem em sindicância que apura origem de circular suspeita na PMMA

Coronel Luongo confirmou depoimentos

Um coronel, um major e um soldado digitador já foram ouvidos, até agora, na Sindicância Investigatória, presidida pelo Coronel Antônio Roberto dos Santos Filho, subchefe do Estado Maior da PMMA, instaurada pelo Comando-Geral da Polícia Militar, para apurar a origem de uma Circular disparada para monitorar adversários políticos do Governo do Estado no interior do Maranhão.

Na segunda-feira, foi ouvido o Coronel Markus da Silva Lima, chefe do CPAI (Comando de Policiamento de Área do Interior), do município de Presidente Dutra.

Nessa terça-feira prestaram depoimento um soldado digitador e o major Castro, adjunto do Coronel Markus. Veja matéria na edição impressa do Jornal Pequeno dessa quarta-feira.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias