Fechar
Buscar no Site

Congresso Nacional faz ensaio geral para a posse de Lula e Alckmin

Soldados perfilados no ensaio geral para a posse de Lula no Congresso

O Congresso Nacional realizou, nesta terça-feira, 27, um ensaio geral para a sessão de posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB), em 1º de janeiro. O treinamento testou a chegada dos futuros empossados e dos chefes de Estado, o discurso e a cerimônia.

O roteiro oficial seguirá a ordem das etapas da sessão de posse: compromisso constitucional, assinatura do termo de posse e pronunciamentos do presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e do presidente Lula, então já empossado.

O ensaio contou com a participação de atores que representaram autoridades como presidente eleito, vice-presidente, primeira-dama, presidente do Congresso, presidente da Câmara, presidente do Supremo Tribunal Federal, procurador-Geral da República, 1° secretário-geral do Congresso, entre outros. Militares também estiveram presente no treino geral.

Até o momento, a posse contará com a presença de representantes de 120 países e 17 chefes de Estado.

O ensaio, que durou cerca de três horas, testou dois ambientes: com e sem chuva. Em Brasília, os meses de novembro, dezembro e janeiro são marcados por intensas chuvas.

A previsão é de que o início da posse comece às 14h, com desfile em carro aberto, no qual o presidente eleito percorre a Esplanada dos Ministérios.

Depois, Lula e Alckmin seguem para o Congresso Nacional para o ato que oficializa a posse presidencial, com juramento à Constituição e o primeiro discurso do novo presidente. A cerimônia terá início às 15h, com sessão solene de posse presidencial, e será finalizada às 16h20, com a saída do presidente e do vice para o Palácio do Planalto (Sandy Mendes – Metrópoles)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias