Fechar
Buscar no Site

Cerca de três mil brasileiros inscritos no Mais Médicos ainda não se apresentaram

Bolsonaro chegou a se entusiasmar e afirmar. nas redes sociais, que 100 por cento das vagas estavam preenchidas

 

A jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, divulgou, hoje, 14, que cerca de 3.000 (três mil) candidatos que se inscreveram no programa Mais Médico ainda não se apresentaram nos municípios para os quais foram alocados. Foram abertas, no total, 8.517 vagas.

O prazo para que comecem a trabalhar terminaria nessa sexta, 14, mas o Ministério da Saúde informou, nessa manhã, que as inscrições foram prorrogadas.

Uma segunda questão aflige os gestores: boa parte dos mais de 4.000 médicos brasileiros que já se apresentaram no trabalho pode deixar os cargos a partir de marco, quando começam as residências médicas do país.

O alto número de inscritos na primeira etapa do edital aberto para substituir os médicos cubanos chegou a entusiasmar o presidente eleito Jair Bolsonaro. Ele chegou a dizer, no Twitter, que “quase 100% das vagas [dos cubanos] já foram preenchidas por brasileiros”.

Até agora, 60% delas foram de fato preenchidas.

Prorrogadas – O Ministério da Saúde prorrogou as inscrições de brasileiros e estrangeiros formados no exterior (sem registro no Brasil) para participação no programa Mais Médicos. Agora, os candidatos terão até o próximo domingo, dia 16 de dezembro, para enviar documentação à pasta federal e, assim, estarem aptos para validação da inscrição no Programa. A medida foi tomada devido a picos de instabilidade do site do programa causada pelo grande número de acessos, o que pode ter ocasionado dificuldades no momento da inscrição.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias