Fechar
Buscar no Site

Briga generalizada faz sessão ser suspensa na Câmara de Macapá

O ‘quebra-pau’ na Câmara macapaense envolveu vereadores e funcionários

Uma briga generalizada entre políticos e funcionários interrompeu o início da eleição para presidente da Câmara de Vereadores de Macapá (AP), no começo da tarde desta quinta-feira (4). Vídeos postados nas redes sociais mostram discussão e depois o tumulto envolvendo vários parlamentares, entre eles Caetano Bentes (PSC) e Yuri Pelaes (PMDB), que iniciaram o confronto.

A Polícia Militar (PM) e a Guarda Municipal fizeram a contenção dos parlamentares e não há informação sobre feridos.

A briga envolvendo várias pessoas teria iniciado minutos após a abertura da sessão, presidida interinamente por Yuri Pelaes.

As divergências tiveram início após o vereador Pastor Didio (PRP) apresentar um documento solicitando a suspensão da sessão.

Em seguida, Yuri pediu a Caetano Bentes, que é 1º secretário da Casa, para ler o conteúdo do documento. Ele negou, os dois começaram a discutir e depois entraram em confronto. Em seguida, houve a confusão generalizada e a sessão foi interrompida. (Com G1 Macapá)

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias