Fechar
Buscar no Site

Brandão retira dreno e retorna neste fim de semana ao Maranhão

Foto: Reprodução

Depois de um mês e 12 dias internado no Hospital da Beneficência Portuguesa, em São Paulo,  o governador Carlos Brandão retorna ao Maranhão neste fim de semana. A informação foi confirmada ao blog O INFORMANTE pelo próprio governador, que anunciou com otimismo a retirada do dreno e estancamento das secreções que o impossibilitavam de ter alta.

Brandão deve reiniciar na próxima semana os trabalhos no Palácio dos Leões, mas, por recomendação médica, cumprirá agenda de forma reduzida e sem viagens, por enquanto.

Carlos Brandão retorna ao comando estadual num clima favorável, após o resultado da última pesquisa divulgada, do Instituto Econométrica, que o coloca em vantagem confortável diante dos seus dois principais adversários: o senador Weverton Rocha é o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes Lahesio Bomfim.

A pouco mais de três meses das eleições que definirão a disputa pela sua reeleição, Carlos Brandão acredita que com o seu trabalho forte à frente do governo, com a força popular do ex-governador Flávio Dino e com o excelente desempenho do seu vice Felipe Camarão na área da Educação, durante o período em que esteve à frente da Seduc, será fácil mostrar ao povo maranhense, na campanha que se avizinha, o que é melhor para o Maranhão e para esse trabalho de reconstrução do estado iniciado em janeiro de 2015, quando Flávio Dino se elegeu pela primeira vez, com o próprio Brandão de vice.

O governador retorna ao Maranhão sem maiores alardes, convicto de que encarou com muita serenidade e responsabilidade o seu problema de saúde, sem explorar a doença junto aos eleitores e sem escobdê-la. Se num primeiro momento, até por falta de segurança, evitou dar detalhes do que vinha acontecendo, já nos últimos dias, quando teve mais precisão das informações, não os escondeu e falou tranquilamente por meio dos veículos de comunicação, como em recente entrevista que concedeu à TV Mirante.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias