Fechar
Buscar no Site

“Bolsonaro não conseguirá cumprir seu projeto de aniquilar a educação pública”, avisa Márcio Jerry

Márcio Jerry se solidarizou com as manifestações contra os cortes de verbas da educação

GIL MARANHÃO

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA), vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, mostrou-se solidário à Manifestação Nacional contra Cortes na Educação e contestou o bloqueio de verbas às universidades e institutos federais de Educação (IFs), anunciado pelo governo federal.

“Bolsonaro não conseguirá cumprir seu projeto de aniquilar a educação pública”, declarou o parlamentar ao Jornal Pequeno, em Brasília.

“Hoje, ecoam de todo o país, milhões de vozes de estudantes, professores, pais e mães de alunos, exigindo fim dos cortes de recursos. A luta vai continuar”, reforçou.

“Aqui na Câmara, conseguimos convocar o ministro da Educação para dar satisfações acerca desse absurdo processo de desmonte, a começar pelo corte nas universidades e institutos federais”, criticou Jerry.

DERROTA DO GOVERNO

O parlamentar maranhense classificou a aprovação pela Câmara dos Deputados, na tarde de terça-feira (14), da convocação (obrigação a comparecer) do ministro Abraham Weintraub como uma nova derrota do Governo de Jair Bolsonaro (PSL), no Parlamento.

“A convocação do ministro Abraham Weintraub, para prestar esclarecimentos sobre os cortes na educação, reforça as mobilizações em todo o país. Mexeu com a educação, mexeu com nosso Brasil”, postou Jerry, nas redes sociais.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias