Fechar
Buscar no Site

Autorizado prosseguimento de processos para construção de ferrovias no Maranhão

Foto: Reprodução

O Ministério de Infraestrutura autorizou nesta sexta-feira (17) o prosseguimento dos processos que visam autorizar a construção e exploração de ferrovias no Maranhão.

O processo do grupo Grão-Pará Multimodal recebeu autorização de prosseguimento de instrução processual para construção e exploração de uma ferrovia ligando Alcântara a Açailândia.

O processo da VLI também foi autorizado para continuidade da instrução processual. A empresa pretende construir e explorar Estrada de Ferro localizada entre os municípios de Porto Franco e Balsas.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse recentemente que o programa Pro Trilhos deve atrair pelo menos R$ 60 bilhões em investimentos privados em novas ferrovias no país.

Uma das inovações trazidas pela MP é a possibilidade de entes privados poderem, por meio do instituto da autorização, construir e explorar segmentos ferroviários ainda não mapeados, sendo diversos de menor extensão (short lines), e também a reaproveitar malhas ferroviárias ociosas.

Para o ministro, assim como os setores de energia, telecomunicações, aeroportos e portos, era necessário que o setor ferroviário também pudesse captar investimentos privados por meio das autorizações. “Isso possibilita que investidores que queiram tomar o risco de engenharia possam fazer seus ramais, suas ferrovias”, explicou Tarcísio.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias