Fechar
Buscar no Site

Ataque hacker ao sistema do STJ leva o TSE a reforçar segurança

Foto: Reprodução

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou nesta quinta-feira que, em razão do ataque hacker contra o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e outros órgãos públicos, intensificou os procedimentos de segurança nos sistemas “internos e externos” da Corte. A proximidade da eleição municipal, que ocorrerá no dia 15 de novembro, também foi levada em conta na decisão.

“É importante ressaltar que, tradicionalmente, neste período os sistemas já passariam por reforço na segurança, com medidas preventivas e plantão de monitoramento. No entanto, em razão do cenário excepcional, houve um reforço na segurança virtual e novas providências foram adotadas”, informou o TSE em nota.

A Corte também destacou que a urna eletrônica foi projetada para funcionar sem estar conectada a qualquer rede, “seja por cabo, wi-fi ou bluetooth”. Informou ainda que “a totalização dos votos após o envio das informações pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) funciona por meio de rede privativa criptografada”.

O Supremo Tribunal Federal (STF) informou que não sofreu ataque e que continua com os mesmos protocolos de segurança.

Fonte: O Globo

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias