Fechar
Buscar no Site

As bravatas de Bolsonaro, a reação do governo, a mentira do ‘motel’ e o ‘escorregão’ do juiz 

Foto: Reprodução

As bravatas do presidente Jair Bolsonaro em solo maranhense, a reação de autoridades do governo estadual, capitaneadas por Flávio Dino, a mentira do ‘motel’ no presídio de Pedrinhas e o ‘escorregão’ do juiz Douglas de Melo Martins são assuntos em destaque no Colunaço do Pêta deste domingo, 14. que traz, ainda, outras ‘notícias’ que agitaram a semana na ‘Grande Ilha’ e os intrigantes Mistérios do Dr. Pêta, como este: “Quem foi o deputado federal, que, em plena quarta-feira, postou mensagem em um grupo de zap desejando ‘bom fim de semana’ a todos???!!! Pois é…, acabou ‘entregando a senha’ de que em Brasília o fim de semana começa na quarta”!!! Boa leitura!

COLUNAÇO DO PÊTA – 

PETINHADAS –

*** “As pernas curtas dos criminosos das notícias falsas”, ‘estourou’ o JP, nessa sexta-feira, 12, ao comentar um trabalho da Agência Lupa, do jornal Folha de S. Paulo, que desmascarou a ação deplorável de disseminadores de notícias falsas que voltaram a atacar o governador Flávio Dino; desta feita, ‘requentando’ um fake news de meses atrás sobre a suposta construção de um “motel para presos” no Complexo Penitenciário de Pedrinhas!!! Na terça-feira, 9, a notícia falsa foi esclarecida pela Lupa, empresa especializada em fact-checking do Brasil que trabalha para a Folha!!! Por meio do Projeto de Verificação de Notícias, a Lupa analisou o material disseminado e atestou que são falsas todas as notícias de que o governador Flávio Dino fechou um “contrato milionário” para a construção de “motel para presos” no Maranhão!!!

*** “A informação analisada pela Lupa é falsa. O governo do Maranhão autorizou, em 28 de janeiro, a construção de módulos íntimos, e não de ‘motéis’, em 11 unidades prisionais do estado. Esses espaços servem, entre outras coisas, para que a população carcerária receba visitas conjugais, mas também são usados para encontros dos presos com familiares e amigos. Essas visitas são previstas na Lei de Execução Penal (artigo 41) e fazem parte da lista de direitos do preso — ou seja, o governo estadual é obrigado a construir esses espaços. A verba para construção desses módulos é federal, proveniente do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen). Não se trata, portanto, de uma despesa do estado do Maranhão. Esse recurso foi aprovado pelo governo federal em 2018, antes da pandemia do novo coronavírus, com o objetivo de cumprir as diretrizes de engenharia e arquitetura do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. De acordo com essas diretrizes, penitenciárias, colônias penais (agrícola, industrial ou similar) e cadeias públicas são obrigadas a oferecer esses módulos aos presos. Esses locais devem ser isolados e não podem oferecer contato dos visitantes com o resto da população prisional”, publicou a Folha de S. Paulo, jogando por terra a ação criminosa de adversários e não simpatizantes do governo do Maranhão!!!

*** Ah, e tem mais!!! O governo federal foi quem baixou a norma que determina que os presidiários sejam vacinados primeiro que os guardas da prisão e antes também que um ‘monte’ de gente!!! Mas, estranhamente, ninguém notou isso!!!

*** A notícia falsa foi aproveitada, inclusive, pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro, que, num vídeo gravado com o deputado federal maranhense Edilázio Jr, fez ‘gracinhas’ com a história mentirosa dos supostos ‘motéis’!!! A baixaria do filho do presidente Jair Bolsonaro teve uma reação imediata e dura do secretário da Segurança Pública, Jefferson Portela!!! Num vídeo de 7 minutos e 24 segundos postado em suas redes sociais, Portela disse que Eduardo Bolsonaro faz parte de um grupo, originado no Rio de Janeiro, cheio de complexidades nas suas práticas. “Ofendem uma prática da própria família Bolsonaro. Tristemente conhecidos; tal pai, tal filho”!!! Acrescentou o secretário que Eduardo Bolsonaro veio para cá ventilar mentiras sobre a questão do tratamento prisional em Pedrinhas!!! “Portanto, deputado Edilázio, bote as duas mãos na consciência e chame ‘esse aí’ que o acompanha, de triste presença neste vídeo, para que reponha a verdade. Afastem essa mentira da realidade e corrijam esse ato vil. Peçam desculpas ao povo do Maranhão e ao povo do Brasil, porque a vergonha vocês carregarão para sempre nos seus ombros. É lamentável que vocês dois, como deputados federais, gastem o tempo para mentir, para ofender e faltar com a verdade”!!!

*** Procurado pelo blog O INFORMANTE (JP Online), que divulgou os dois vídeos na sexta, 12, o deputado federal Edilázio Jr lamentou que o secretário não tenha falado dos 1.700 policiais que nunca foram chamados (…), nem da “falta de solidariedade do governo” perante a família do oficial assassinado (tenente-coronel Ronilson). “Ah, e eu também não moro na Península”, disse o parlamentar do PSD, referindo-se a um trecho de Portela no vídeo em que ele faz referências a uma polêmica antiga que envolveu Edilázio em relação à “presença de pobres” naquela área!!!

*** E a semana estava realmente reimosa!!! Bastou o presidente Jair Bolsonaro ‘bater os pés’ no Maranhão novamente para o clima esquentar entre ele e o governador Flávio Dino!!! Depois de desembarcar em Alcântara para distribuir títulos de terra a famílias quilombolas do município, Bolsonaro fez bravatas e atacou Dino e o governo do estado…, provavelmente ‘envenenado’ por companhias que vieram com ele!!! Ouvindo o ‘galo cantar longe’, o presidente da República disparou: “Nós fizemos… foi quase um R$ 1 bilhão… ou melhor, R$ 300 milhões especificamente para leitos de UTI no estado do Maranhão. Cadê os leitos de UTI? Sumiu tudo? O secretário disse que não estamos ajudando. Para onde foi essa grana? Acho que vou perguntar para a Polícia Federal”, ‘braveteou’ o chefe da nação, mostrando, mais uma vez, total falta de postura e  estatura já percebida, até, por maranhenses que o apoiam!!! Em seguida, faltou com respeito ao governo do estado: “O Maranhão é o estado com menor renda per capita do Brasil. Não é à toa que é governado pelo Partido Comunista do Brasil. Onde o comunismo cresce é exatamente em cima da miséria. Nos estados de renda maior, quase não tem deputado desse partido”!!!

*** A resposta do governador Flávio Dino não tardou!!! Disse que Bolsonaro inventou uma conta sobre dinheiro destinado ao governo do Maranhão, e disparou em suas redes sociais: “Mistura estado, municípios e auxílio emergencial para criar factoide. Bolsonaro confunde a Polícia Federal com uma milícia e milicianos. Não tenho medo nem de polícia nem de milícia”!!! O secretário Márcio Jerry reagiu em seguida: “Bolsonaro veio ao Maranhão atacar quem defende a vida. Faz todo sentido! Um amigo do coronavírus atacando quem combate o coronavírus. O secretário Carlos Lula tem de sobra o que falta totalmente a Bolsonaro: honradez, dignidade, compromisso com a saúde do povo”, tuitou!!!

*** Pouco depois, o vice-governador Carlos Brandão entrou em cena: “São inaceitáveis e injustas as manifestações feitas pelo presidente (Jair Bolsonaro) à condução da luta contra a pandemia no Maranhão. Demonstram desconhecimento e são desrespeitosas a um trabalho sério, planejado e feito com muita honestidade e compromisso. O governador Flávio Dino conduz o Maranhão com retidão e responsabilidade indiscutíveis. O foco, no que diz respeito à pandemia, é salvar vidas. Perder tempo com discussões infundadas não levará a lugar nenhum”, tuitou Carlos Brandão!!!

*** Pois é…, é como arrematou o JP em seu comentário: “Por mais bem intencionado que possa parecer, Jair Bolsonaro cada vez mais se caracteriza como um presidente sem postura e sem estatura para conduzir um país do tamanho do Brasil. Como diziam nossos avós, ‘de boas intenções o inferno está cheio’”!!!

*** Pra completar a semana das polêmicas, o juiz Douglas Martins ainda se equivoca numa entrevista à TV Mirante ao afirmar que ouvir música carnavalesca estava proibido até dentro de casa!!! Meu amigo, pense numa repercussão!!! A declaração de Martins insuflou as redes sociais, com vários comentários desfavoráveis ao magistrado!!! Menos mal que, procurado por O INFORMANTE (JP Online), numa atitude de humildade e grandeza, ele reconheceu o erro e admitiu que se expressou mal!!! “O ideal mesmo era que as pessoas captassem a ideia. Claro que pode ouvir música dentro de casa, à vontade, sem problema nenhum. Problema é que a tensão de muitos questionamentos sobre a possibilidade de aglomeração dá a impressão, fica a sensação de que as pessoas estão tentando encontrar argumentos para poder aglomerar. Agora, revendo a entrevista, realmente pelo que falei ficou a impressão de que as pessoas não podiam ouvir música dentro de casa. Eu não deveria ter falado ‘dentro’, deveria ter dito ‘nem que seja na porta de casa’. Dentro de casa não tem como impedir aglomeração. A pessoa vai estar em sua casa, com a família. Se puser um som dentro de casa, não vai nenhuma autoridade invadir a casa”, disse o magistrado a O INFORMANTE!!! Finalizando, disse que a sua preocupação é “a pessoa chegar num posto de gasolina ou mesmo na praça em frente à sua casa, abrir o porta-malas de um carro, colocar um som alto e começar ali a formar um bloco de carnaval”!!!

*** Rapaz, e olha só que ‘babado forte’!!! Um parlamentar, depois de descobrir que a ‘cara-metade’ estava desrespeitando um dos dez mandamentos, não se conteve e enfiou ‘catitipapos’ nela!!! Agredida e humilhada, a ‘dita-cuja’ procurou a Polícia e registrou um boletim de ocorrências!!! Meu amigo, pense num ‘cabra’ preocupado de o BO chegar aos ouvidos da blogosfera!!! Resultado: foi ‘bater’ no gabinete do seu chefe maior, para ele ‘segurar as pontas’ com os ‘escribas eletrônicos’!!! E parece que deu certo, porque não saiu ‘nadica de nada’!!! Chefe forte, hahahahahahahahaha!!!

*** E aquele promotor aguerrido que quase acaba com um ‘chá de bebê’ na ‘Grande Ilha!!! Pois é…, aconteceu há pouco tempo, num buffet no Araçagi, onde vez por outra ‘rola’ um animado samba!!! O promotor e sua equipe tinham a informação do ‘pagode’, mas foram no dia errado!!! Quando chegaram lá pra ‘fechar tudo’ depararam com ‘pula-pula’, crepes, carrinho de pipoca, mulher buchuda, crianças correndo de um lado ‘pro’ outro, hahahahahahahaha!!! O jeito foi dar meia volta e ‘tirar pra fora’!!!

*** Essa foi boa!!! Dias atrás, o secretário municipal da Comunicação, Joaquim Haickel, saiu visitando jornais, televisões, rádios…!!! ‘Fatalmente’, lógico, foi ‘bater’ na Mirante…, do que se aproveitou o Financeiro para cobrar uma fatura de publicações de interesse da Prefeitura!!! “Mas isso não foi autorizado por mim”, teria dito Joaquim!!! “Mas foi autorizada pelo Igor (hoje subsecretário, ‘ontem’ assessor parlamentar de Eduardo Braide na Câmara dos Deputados)…!!! Sem mais delongas, Haickel tomou o caminho de volta do Palácio La Ravardière!!!

*** Meu amigo, e não é que estão dizendo que foi meu chefe quem pediu ao Flávio Dino para cancelar o carnaval!!! Pois é…, só porque não está ‘bebendo’!!! Pegou covid e ainda se recupera dos pulmões…, álcool agora só em gel…, hahahahahahahahaha!!!

*** Viram aí o senador Weverton saindo em defesa de Flávio Dino no episódio da polêmica com Bolsonaro???!!! ‘Rapá’…!!!

*** Um grande abraço do Dr. Pêta ao magistrado Fernando Belfort, que, a exemplo do meu chefe, também ‘pulou a fogueira’ da Covid-19 e já está prestes a receber alta hospitalar, agradecendo a Deus por estar bem!!!

***************************************************************

JP MEMÓRIA

2011 – Operação da PF derruba

cúpula do Incra no Maranhão

Nesta sexta-feira (25 de fevereiro de 2011), a Polícia Federal realizou uma operação denominada “Donatário” na sede e em escritórios do Incra no Maranhão, onde cumpriu 39 mandados de busca e apreensão em investigação destinada a coibir o desvio de dinheiro liberado pelo Incra para construção de casas em assentamentos, por meio do Programa Nacional de Reforma Agrária.

Foram vistoriados 25 assentamentos e o desvio chega a R$ 4 milhões. O alvo da operação foram casas de funcionários do Incra e a sede do órgão em São Luís, São José de Ribamar, Turiaçu, Pindaré-Mirim, Santa Luzia e Buriticupu.

De acordo com a investigação, que durou cinco anos, 535 casas estão inacabadas, não foram erguidas ou foram feitas com taipa, a custos muito inferiores aos declarados. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Maranhão e a investigação foi conduzida pela Polícia Federal (PF) e pela Controladoria Geral da União (CGU).

O alvo foram servidores públicos, empreiteiros e lobistas. A operação teria vazado e muitos dos investigados teriam conseguido habeas corpus na Justiça, evitando a ação da PF.

Ao todo o inquérito envolve pelo menos 55 acusados – entre eles o atual superintendente do Incra-MA, o ex-deputado federal Benedito Pires Terceiro, e o ex-superintendente do Instituto, Raimundo Monteiro (atual presidente do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores).

Benedito Terceiro confirmou que teve a casa revistada nesta sexta-feira. “Eu deixei os policiais à vontade para revistarem tudo. Nada temo porque nada fiz”, disse Terceiro – apadrinhado político do senador Epitácio Cafeteira (PTB).

Outro envolvido seria o lobista João Batista Magalhães, alvo da operação “Astiages’, que no dia 3 de fevereiro de 2011 levou para a cadeia nove pessoas, sob a acusação de desvio de recursos federais em Barra do Corda.

O prefeito do município, Manoel Mariano de Sousa, o “Nenzim” (PV), sua mulher, Francisca Teles de Sousa, a “Dona Santinha”, e João Batista Magalhães também tiveram suas prisões pedidas pela Justiça, mas permaneceram foragidos até obterem um habeas corpus.

 

Benedito Terceiro é exonerado

da direção do Incra no Maranhão

Apontado pela Polícia Federal como um dos cabeças do esquema que pode ter desviado R$ 4 milhões do Incra, Benedito Terceiro foi exonerado do cargo de superintendente do órgão no Maranhão.

A informação foi dada em nota assinada pelo presidente do Incra, Rolf Hackbart. Eis a nota:

“Em relação à investigação da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU), com o objetivo de apurar possíveis irregularidades nas ações de servidores da Superintendência Regional do Incra no Maranhão, a direção nacional do Instituto informa que:

Por decisão do presidente do Incra, Rolf Hackbart, a partir de hoje, o superintendente regional do Incra no Maranhão, o ouvidor agrário estadual e o chefe da Divisão de Desenvolvimento de Assentamentos no estado estão exonerados de suas funções. A decisão visa garantir uma apuração isenta, transparente e célere dos indícios de irregularidade apresentados pela investigação da PF e da CGU.

Para ocupar interinamente a chefia do Incra no Maranhão, será nomeado o servidor de carreira Luiz Alfredo Soares da Fonseca, que assumirá o posto na próxima segunda-feira (28/02), em São Luís;

O presidente do Incra determinou ainda o deslocamento de uma equipe de Auditoria Interna para o Maranhão, também na segunda-feira (28/02), com o objetivo de dar continuidade aos trabalhos de apuração que já estavam em andamento na autarquia;

Em novembro de 2010, a Auditoria Interna do Incra expediu um relatório preliminar com o levantamento sobre pagamento de crédito aos assentados. Em decorrência dessa apuração, os servidores envolvidos na aplicação dos créditos foram notificados a entregar a prestação de contas da concessão dos recursos, além de outras medidas de controle interno administrativo para reduzir os riscos na aplicação dos créditos.

Outra medida adotada pelo Incra foi a inscrição, em situação de inadimplência, de 43 entidades conveniadas com a Superintendência Regional no Maranhão junto ao Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) do Governo Federal.

Por fim, a direção nacional do Incra reafirma o dever de apurar todos os indícios de irregularidades nas ações de servidores da autarquia e se coloca ao lado dos órgãos de controle pela defesa do patrimônio público e transparência da gestão”.

*** E pra fechar…

Na direção do abismo

O Brasil está fracassando como Nação. Tudo deu errado desde a sua fundação. Tivemos um processo de transformação histórica complicado. Dois exemplos históricos registram essa marca negativa. O primeiro foi a Proclamação da Independência – que foi feita por quem estava no poder, tanto que deixamos o filho do rei. O segundo é a nossa República, que veio sem povos e sem terras para os escravos recém emancipados.
O otimismo esperançoso se exauriu. No país, as tragédias políticas do passado continuam refletindo no presente. O Brasil – que há anos figura entre as dez nações mais desiguais do mundo – foi o último país do Ocidente a abolir a escravidão. Esse aspecto explica outros fracassos do país, que até hoje não conseguiu desfazer a obra da escravidão.
Historicamente, o Brasil nunca investiu em Educação. Enquanto as universidades do mundo hispano-americano foram criadas a partir de 1550, no país a primeira universidade só apareceu em 1923, no Rio de Janeiro. Em todo processo de formação, o Brasil sempre excluiu o povo das instâncias de decisão. Não dá para dizer que vivemos num país autêntico com o testemunho do seu fracasso evidente como nação. (Antônio Carlos Lua – Jornalista)

********************

Nos porões da ditadura… do Lira

Visitei os porões da Câmara dos Deputados (subsolo) para onde querem transferir o Comitê de Imprensa. Os jornalistas foram uma das vítimas dos porões da ditatura de 1964. E, aqui e acolá, temos nosso trabalho cerceado e criticado por aqueles que se incomodam por trazermos à tona sujeiras que eles produzem e escondem debaixo dos tapetes. Culpam a gente por tudo, como se fosse a imprensa que criou a pandemia, as “rachadinhas”, os “mensalões” e “mensalinhos”, os conchavos podres que levam em contam os interesses pessoais e não os interesses do País… e por aí vai.
QUANDO A GENTE pensa que se livrou de uma ditatura, lá vem outra. A ideia do novo presidente da Câmara, Arthur Lira – que já tem o seu gabinete de deputado e o gabinete (grande, luxuoso e cheio de mordomia) da Presidência, de forma autoritária (quando não dialoga) e egoísta (quando pensa só em si) ambiciona o Comitê de Imprensa –, é tirar 60 empresas jornalísticas para abrigar apenas 1 sala, a sua, jogando os mais de 70 jornalistas para uma sala nos porões da Câmara, longe do Salão Verde, do Plenário, de tudo.
COM MUITA LUTA – apoiados por parlamentares e entidades como FENAJ, ANJ, OAB –, estamos revertendo essa situação e discutindo novo espaço. Isso é democracia: conversar, dialogar, respeitar o trabalho dos outros, a liberdade de informação. (Gil Maranhão/Jornalista)

********************

MISTÉRIO –

*** Quem foi o deputado federal, que, em plena quarta-feira, postou mensagem em um grupo de zap desejando ‘bom fim de semana’ a todos???!!! Pois é…, acabou ‘entregando a senha’ de que em Brasília o fim de semana começa na quarta!!!

*** Quais são os políticos que estão sob suspeita de incentivarem as ‘rachadinhas consignadas’ em solo maranhense???!!!

*** Quem foi o promotor que quase acaba até com ‘chá de bebê’, num buffet no Araçagi???!!

*** Quem foi a jornalista que quase surta ao ouvir a entrevista do juiz Douglas Martins, na TV Mirante, falando, equivocadamente, conforme corrigiu depois, que estava proibido ouvir música de carnaval até dentro de casa???!!! Meu amigo, a escriba parecia o Zorro, empunhando a espada em cima do cavalo com seu grito de guerra: “AIÔ, SILVER”, hahahahahahahahahahahahaha!!!

*** Qual casa de saúde ainda não ‘se coçou’ com as férias dos colaboradores???!!!

*** Quem é a repórter oficial que, em meio a divagações sobre o comportamento estranho do “carinha-metade”, acordou tão “viajante” que ‘se transformou’ até em Baby Yodaaaa, do Mandalorian???!!! Hahahahahahahahaha

*** Quem foi o jornalista que jogou uma máscara descartável pela janela do carro, num terreno baldio nas proximidades do Golden Shopping, e no dia seguinte, depois de voltar ao Golden e esquecer a sua máscara, como não queria retornar em casa, parou no dito terreno para procurar o ‘equipamento’???!!! Ainda bem que não achou mais, hahahahahahahahahaha!!! Rapaz, esse Dr. Pêta sabe de coisa!!! Pense!!!

*** Quem foi o narrador do canal Sportv que, na decisão do mundial de clubes, entre Bayern e Tigres, disse, ao se referir a um jogador do time alemão que havia nascido na Polônia e se naturalizado alemão que o atleta tinha dupla personalidade???!!! Rapaz, será que os familiares do jogador que assistiam à decisão gostaram da alusão???!!! Hahahahahahahahaha

***

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias