Fechar
Buscar no Site

Advogado é preso depois de derrubar portão e invadir casa da ex-mulher com caminhonete

 

Pretenso candidato a deputado estadual nas eleições de 2022, o advogado previdenciário Dalton Hugolino Arruda de Sousa foi preso por policiais militares, no início da madrugada dessa quarta-feira, 17, depois de colocar abaixo, com uma caminhonete, o portão da casa da sua ex-mulher Janayna do Socorro Muniz Arruda, no Calhau, em São Luís.

Separada do marido recentemente, depois de descobrir um caso extraconjugal dele com uma funcionária de conhecida concessionária de veículos de São Luís, onde o advogado adquiriu um carro no valor aproximado de 500 mil reais, Janayna, sentindo-se ameaçada, conseguiu uma Medida Protetiva de Urgência (Lei Maria da Penha), na 2ª Vara Especial de Combate à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, no processo de número 0849956-61.8.10.0001.

No início da madrugada de hoje, Dalton Arruda se dirigiu à residência da ex-mulher, no Calhau, e descumpriu a medida protetiva, derrubando o portão da residência dela com sua própria caminhonete. Depois disso, teria agredido Janayna.

A Polícia Militar foi acionada e prendeu Dalton Arruda em flagrante. Pela manhã, depois de uma audiência de custódia, o auto de flagrante lavrado contra o advogado foi convertido em prisão preventiva pelo descumprimento da decisão judicial que concedeu a medida preventiva a Janayna.

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias