Fechar
Buscar no Site

Advogado de filho de figurão estava com Bardal no carro na estrada do Quebra-Pote

Bardal conseguiu habeas-corpus

A Polícia Civil avançou as investigações durante todo o final de semana e conseguiu ‘pegar o fio da meada’ do caso que envolve uma gigantesca Organização Criminosa, especializada em contrabando de armas, drogas, bebidas e cigarros, montada em São Luís com milícia integrada por militares.

Na noite desta segunda-feira, os investigadores descobriram a pessoa que estava com o delegado Thiago Bardal, superintendente estadual de investigações criminais exonerado do cargo por ‘quebra de confiança’. Trata-se de um advogado do filho de um figurão de São Luís, cujo nome está sendo mantido em sigilo por questões de segurança.

Bardal foi abordado no início da madrugada da última quinta-feira, 22, quando se encontrava em atitude suspeita na estrada do Quebra-Pote, zona rural de São Luís, área onde estava sendo realizada a operação das polícias civil e militar que desbaratou o megaesquema milionário.

“Conseguimos pegar o fio da meada. É coisa grande e a ordem é levar até o fim”, revelou a O INFORMANTE (JP Online) uma fonte policial que acompanha, desde o início, todo o trabalho de investigação que está sendo comandado pelo secretário da Segurança, Jefferson Portela.

A partir da descoberta desse advogado, a Polícia Civil ‘pegou o fio da meada’ e agora espera tirar todas as dúvidas; não só relacionadas ao envolvimento do ex-titular da SEIC, como de pessoas importantes de São Luís. “Há possibilidades”, disse a fonte ao ser questionada sobre possível envolvimento de políticos. E complementou: “Tudo indica que chegaremos a isso”.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias