Fechar
Buscar no Site

‘A Carta’ de Waldick e a missiva da reunião

‘A Carta’ de Waldick e a missiva da reunião

“Minha querida / saudações / escrevo essa carta / mas não repare os senões…”. Assim cantava o saudoso Waldick Soriano, quando interpretava “A CARTA”, sucesso inesquecível do passado. E não dá para não lembrar do ‘velho’ Waldick quando se está diante de uma CARTA, essa de compromisso, estranhamente até agora não ‘cantada’, apesar de ter sido anunciada desde a noite dessa segunda-feira, 5, depois de uma saudável reunião no Palácio dos Leões entre o governador Flávio Dino e lideranças políticas de vários partidos. A pauta: as eleições de 2022.

Assinada por todos os participantes da reunião e aguardada ansiosamente, a CARTA ainda não veio a público, o que deixa muita gente com uma incômoda pulga atrás da orelha.

Por fim, não custa nada lembrar, apesar de isso não ter nada a ver com o ‘nosso’ cenário, um outro trechinho d’A CARTA de Valdick: “Renunciar / seria a solução / mas não apagaria de nossas almas cruel paixão…”.

 

O conteúdo d'O INFORMANTE é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

mais / Notícias